Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
AMAGO  (17-08-2016)
ILUSTRES MEMORIAS  (03-08-2016)
DNA MARIA RITA   (09-03-2016)

Rating: 2.4/5 (35 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...



 

AMAGO
AMAGO

 

Índice
Indiçe 3
Indiçe 4
Apresentaçao 5
oferecimento 6
anjo 7
Primavera 8
Senhor 9
Amor 10
Diamante 11
Solidao 12
Imagem 01 13
Tarde 14
Homem 15
Um pais 16
A luz 17
Mae 18
Imagem 02 19
Noite eterna 20
Nosso amor 21
Ser poeta 22
Pobres abastados 23
Mae querida 24
Guerreiros 25
Aconchego 26
Sinfonia 27
Um pais pelo social 28
Segredo de amantes 29
Imagem 03 30
Cançao dos excluidos 31
Ceu de agosto 32
Andarilho 33
Contigo 34
Imagem03 35
Fuga 36
Silente 37
Solidao 38
Fenix 39
Profundidade 40
Imagem04 41
Minhálma 42
Linda mulher 43
Alem do horizonte 44
Nuançe 45
Teu 46
Imagem 05 47
Eu 48
Luz 49
Mais um natal 50
Brasil,meu brasil 51
Sequelas 52
Inverdades verdadeiras 53
So eu sei..... 54
Tipo,assim... 55
Pai 56
Imagem 05 57
Ser poeta 58
Imagem06 59
biografia

Apresentaçao
oferecimento


ANJO


MEU CORACÃO VOLVE A OUTRA ERA
QUANDO EU ERA, O QUE AINDA NÃO SOU
QUANDO PENSEI QUE ESTAVA AMANDO
MAIS NA VERDADE NÃO CONHECIA O AMOR
MEU SORRISO ESTAMPA A TIMIDEZ
DE UM MENINO NO PRIMEIRO BEIJO
MAIS DENTRO DO PEITO PULSA UM CORACÃO
QUE INTENSAMENTE ARDE DE DESEJO
MEU CORPO SUADO TREME EM ARREPIOS
A RELEMBRAR DOIS OLHOS TÃO DISTANTES
DE UMA DEUSA, LÁBIOS RUBROS, VIVOS
COM A PUREZA DE UM DIAMANTE
PROCUREI, NÃO ENCONTREI AINDA
ALGO MAIS BELO QUE ESTA MENINA
E UMA IMAGEM QUE AINDA ME COMOVE
ME OUTORGA PAZ, INQUIETANTEMENTE FASCINA
ESTA LEMBRANCA ME MANTÉM ACORRENTADO
APRISIONADO DENTRO DO MEU PRÓPRIO EU
ALEGRE, FICO TRISTONHO TRANSTORNADO
POIS A SAUDADE QUE SINTO E INFERNO
E O AMOR QUE RESPIRO E UM CÉU
MINHA MUSA VIVE, VIVE, AINDA MENINA
E ME VISITA EM NOITES DE SOLIDÃO
CHEGA SUAVE, ME AMA, ME ALUCINA
DEPOIS SE VAI, E LEVA MEU CORACÃO

 

PRIMAVERA


ERA BEM MENINO, MAIS AINDA ME LEMBRO
DOS ARVOREDOS ENGALANADOS EM FLOR
PERFUMADO E LINDO, O MÊS DE SETEMBRO
SENTI AO PEITO AS PRIMEIRAS CHAMAS DE AMOR
ATÉ A BRISA TINHA MELODIA
QUE FAZIA, A VIDA SER MAIS CALMA
AROMAS MISTURADOS, A BRISA DA TARDE
HAVIA MAIS AMOR, LÍRIA PUREZA DE ALMA
O PASSAREDO EM ALEGRE SINFONIA
CANTAVAM AO RAIAR DA AURORA
E QUANDO O SOL SE PUNHA, AO FIM DO DIA
SAUDAVAM AS ESTRELAS, QUE VINHAM SEM DEMORA
A BRISA LEVE A BEIJAR SUAVE
GRANDES E PEQUENAS FLORES MULTICOR
FAZENDO O HOMEM ESQUECER OS AGRAVOS
E CANTAR ALEGRE DA VIDA O DULCOR
O SORRISO ERA SINCERO
AMIZADE MAIS LEAIS
OS OLHOS BRILHAVAM DE PAZ
VOLTE PRIMAVERA TE ESPERO
VISTAS OS PRADOS, COM MANTOS REAIS
CORES E OLORES, SÃO MÚSICAS AOS MORTAIS


SENHOR


OBRIGADO SENHOR, PELAS LUTAS, QUE HOJE ME DESTES
AS ANGÚSTIAS QUE PUDE VIVER
PELAS OFENSAS QUE A MIM FIZERAM
E O PERDÃO QUE CONSEGUI CONCEDER
POIS .....
NAS LUTAS ME CONCEDESTES VITÓRIA
NA ANGÚSTIA A TUA PRESENCA
OFENDIDO A SERENIDADE AFLORA
O PERDÃO, DE TUA DIVINAL PROVIDÊNCIA
O TEU AMOR SEM MEDIDA QUERO
BEM MAIOR QUE AS DORES QUE TENHO
UMA SÓ GOTA DE ORVALHO, TEM MAIS MISTÉRIO
QUE A CIÊNCIA DE TODOS PENSARES TERRENOS


O AMOR


E O AMOR UMA FORCA TÃO IMENSA
QUE ATÉ AQUELE QUE DOMINAVA A MORTE
POR AMOR A NÓS SOFREU AGONIA INTENSA
FICANDO EXPOSTO A AGONIA DE TRISTE SORTE
EMBORA O CRISTO FOSSE INOCENTE
SOFREU CALADO, ELE QUE NADA DEVIA
DEIXOU PLANTADO NOS PEITOS UMA SEMENTE
QUE POR AMOR MESMO O MAIS SANTO SOFRERIA
HOJE MEU PEITO GEME AGONIADO
MALDIZENDO DORES QUE AS VEZES TENHO
QUANDO ME DESPREZAM EU TANTO QUERENDO
INGRATO NÃO PERCEBO, SOU ABENCOADO
HUMANO, NECTAR ETEREO SORVENDO
SOU EU BENDITO, ESTANDO O AMOR VIVENDO


D IAMANTES


FULGEM TEUS OLHOS, DÚBIOS DIAMANTES
OLHOS CITRINOS, BELA AQUARELA
PARECE UMA VIDA, MAIS E SÓ UM INSTANTE
DO MEU FITAR EM TUA FACE BELA
SERIA ASSIM, A FACE DE UM ANJO ?
OU AS NUANCES MIL UM JARDIM
NOS CÉUS EU PENSO ENQUANTO OBSERVO
SOU MERO SERVO, ÉS RAINHA PARA MIM
SILENTE A FITAR TÃO BELO ROSTO
EXTASIADO SINTO JÁ NÃO SOU MEU
SINTO AOS LÁBIOS, O GOSTO DO MAIS FINO MEL
NESTA ETERNIDADE QUE DURA UM SEGUNDO
PERCEBO QUERIDA QUE ÉS ENFIM PARA MIM
UM SER TERRENO EM CORPO DE QUERUBIM


SOLIDÃO


SOMBRAS QUE VAGAM NA NOITE
ME LEMBRAM TEU JEITO CITRINO
PLENO AGOSTO SUAVE ACOITE
NESTE MEU PEITO DE POETA MENINO
ME VISITAM EMPRESTAM LUZ E ENCANTO
EM NOITES QUE MINHA ALMA SOLITARIA NAVEGA
CHORA MEU PEITO EM SILENTE PRANTO
PEITO QUE DOR DE MORTE CARREGA
NAVEGA MINH´ALMA EM SOLIDÃO CONSTANTE
NAVEGA MINH´ALMA NAVEGA
CHORA O PRANTO QUE MEU PEITO SENTE
TENHO UM AMOR MAIS ELE NÃO ME PERTENCE

 

TARDE


CAI A TARDE SILENTE ENLANGUECIDA
COMO GOTAS DE ORVALHO SOBRE A FLOR
POUSA EM CARÍCIAS, TEU OLHAR EM MINHA FACE
QUAL BÁLSAMO SANTO PARA MINHA DOR
VEM DE MANSINHO PREGUICOSAMENTE
TRAZENDO A ALMA PAZ PRETENDIDA
MEU PEITO AMANTE SUSPIRA DOCILMENTE
TODAS QUIMERAS QUE ME OFERTA A VIDA
MAL CHEGA SE FAZ EM NOITE
CRAVEJANDO O CÉU DE ESTRELAS
CHEGA A NOITE PRATEADA, DE ESTRELAS BELAS
CHEGUE OH! NOITE, EM SUAVE ACOITE
MESMO QUE NEGRA, VENHA SILENTE E BELA
INUNDES MEUS OLHOS, COM O BRILHO DE MIL ESTRELAS

 

(BABY)


SILENTEMENTE ENTRASTES EM MINHA VIDA
QUE ERA FRIA REPLETA DE AMARGURAS
NÃO HAVIAM FLORES, EM MINHA ESTRADA QUERIDA
SÓ ABROLHOS FEL E DESVENTURAS
TERNA ME DISSESTES DA BELEZA QUE EXISTE
NO FOGO INTENSO DE UMA PAIXÃO
EU TÃO FERIDO AMARGO E TRISTE
TRANCAVA MAIS E MAIS MEU CORACÃO
EIS QUE O FEITICO DE TEU OLHAR MATREIRO
APRISIONOU MINHA REVOLTA INTERIOR
CALOR INTENSO ME TOMOU O CORPO INTEIRO
EU JÁ NÃO ERA O SER ANTERIOR
O GELO ESPESSO DA SOLIDÃO SE DERRETENDO
FUI ME ENTREGANDO SEM PERCEBER
VOCE POR COMPLETO IA ME TENDO
EU, SEM VOCÊ, JÁ NÃO SABIA VIVER
A REALIDADE QUE EU VIVIA MAIS PARECIA
O INTERMINÁVEL E MAIS DOCE SONHO
MEU CORACÃO PARA A VIDA SORRIA
FINDA A HISTÓRIA, DE UM SER TRISTONHO
O SOL RAIOU PLENO, VIVO ALEGRE
DE PAZ INUNDANDO MEU CORACÃO
ESTOU PLENAMENTE A PAIXÃO ENTREGUE
AMO E INTENSO O VERAO


HOMEM


SOU UM HOMEM COMPLETO
QUANDO, MESMO ME DANDO PELA METADE
ME ENTREGO POR INTEIRO
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO
ABOMINO MEU MACHISMO VALORIZANDO A MULHER QUE AMO
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO, ME ESFORCO PARA FAZE-LA FELIZ
MUITO EMBORA ISTO ME CUSTE UMA LAGRIMA
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO ,DESAVERGONHOSAMENTE CHORO UMA LAGRIMA DE PERDAO
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO, INVISTO PAIXAO ONDE OUSARAM PLANTAR DUVIDAS
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO, LAVO A HONRA, COM A ADAGA DO DESPREZO
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO, A SORRIR ME FACO CRIANCA ESQUECENDO A DOR DE HOMEM
GRANDE
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO,ME NEGO SER MENINO
CREDITANDO MEUS ERROS AS ARTIMANHAS DO DESTINO
SOU HOMEM COMPLETO
QUANDO, O CORACAO TE ENTREGO SORRINDO
SOU HOMEN COMPLETO
QUANDO, DOU OUVIDOS A VOZ DO CORACAO
PLANTO UMA ROSA MEIO AO DESERTO
ABRINDO EM VERSOS POR TI MEU CORACAO
VELEJO LIVIO RUMO A OUTRA DIMENSAO


UM PAIS


UM DIA, EM ALGUM LUGAR HAVERA UM PAIS...
,ONDE OS HOMENS SERAO REALMENTE LIVRES
SEM CERCAS, SEM DOGMAS ,SEM TITULOS,
SEM PRECONCEITOS, SEM RACA, SEM COR,
LUGAR ONDE SEJAMOS RESPEITADOS E AMA DOS
NAO POR SUA CERNE OU QUANTO TENHAM NA SUA CONTA BANCARIA
LUGAR ONDE SUA INDENTIFICACAO DE CIDADAO DO UNIVERSO
SEJA O BRILHO DO AMOR RESPLANDIDO NO OLHAR
UM DIA..,EM ALGUM LUGAR...
POR ENQUANTO SO NOS RESTA SONHAR
O SONHO QUE O POETA SONHOU ACORDADO
E REALIZOU ENQUANTO DORMIA
,,UMA LINDA GARCA POUSADA SOBRE UM SECULAR EBANO
SOB OS DOIS A IMPARCIALIDADE DE UM CEU COBALTO
E UM CINTILANTE SOL
UM DIA EM ALGUM LUGAR,HAVERA UM PAIS...
ONDE OS HOMENS SEJAM REALMENTE , LIVRES...LIVRES


A LUZ


DESPREZO A SUNTUOSIDADE DOS PALACIOS
HABITO NAS CHOUPANAS PAU A PIQUE
ESTOU NOS IMFIMOS GESTOS, OS FAZENDO UNIVERSO
FACO A ALEGRIA TRISTE A TRISTEZA SORRIDENTE
SOU MAIS O BRILHO DO OLHAR APAIXONADO
QUE O RESPLANDOR DO OURO COBICADO
EXISTO NO FEIJAO COM FARINHA
ESTOU NO SORRIR AMIGO
SOU A LOUCURA DA RAZAO
A RAZAO DE MUITAS LOUCURAS
EM MIM ESTA CONTIDO O REAL SONHO DE UMA REALIDADE
A REAL-IDADE DE UM SONHO REAL
ESTOU NO ABRACO DA SAUDADE
ESTOU NO ETER, NO UTERO
NAS FLORES, NO LUAR, NAS ONDAS
MEU REDUTO E A NATUREZA ,OS VERDES PRADOS MEU MANTO REAL
SOB MINHAS BENCAOS SE EXTINGUEM PRECONCEITOS
REIS SE FAZEM GENUFLEXOS
LOUCOS E SANTOS SE EMBEBEDAM NA TACA DO CORACAO
SOU O TODO VINDO DO NADA
SER HUMANO ALGUM,OUSARA DIZER ...
,..LIVRE DE TI ESTOU.
SOU O VINHO DOS AMANTES...
EU SOU O AMOR...


MAE


LONGE DE TI OH’MINHA MAE QUERIDA
EM AMARGAS TORMENTAS SE FAZ A BRISA
O SILENCIO GRITANTE FERE PROFUNDO A VIDA
RISOS FELIZES EM PRANTO SE ETERNIZA
LONGE DE TI OH,PEROLA DIVINA
EM PRANTOS TANTOS TRANSFORMO A POESIA
A SINFONIA DA BRISA JA NAO FASCINA
TODA A VIDA SE FAZ EM LETARGIA
NAS MAOS SANTAS A DOAR A VIDA
NA BRANDA FALA QUE AS DORES SUPLANTA
OLORIZAS PULSARES DE MINHA LIDA
CANCAO BENDITA QUE MINHA ALMA CANTA
DIVINO ANJO A PERFUMAR MEU UNIVERSO
ES MAIOR DIVICIA QUE NA VIDA TENHO
POR TI DISSECO O CORACAO EM CADA VERSO
POR TI OH MAE SOU UM DEUS TERRENO

 

NOITE ETERNA


QUANDO A NOITE ETERNA ,NUBLAR MEUS OLHOS
QUERO TER AO ROSTO O FULGIR SIMPLORIO
DE TODO SER QUE ALCANCOU A PAZ
NO SORRIR DE PAZ QUERO TER AO PEITO
O FEROZ ACOITE DA SUPRA DOCURA
QUE SO HABITA EM ALGUNS MORTAIS
QUERO TER AOS LABIOS O SABOR INTENSO
DOS BEIJOS DOCES QUE JAMAIS SORVI
TER NO CORPO EM FEBRE,O FRESCOR INTENSO
DO PRIMEIRO INSTANTE QUE TE CONHECI
QUANDO O VIGOR DESTE MORTAL CORPO
COMO TENUE BRISA DE MIM SE EXALAR
A TUA LEMBRANCA ESTARA COMIGO
FAZENDO DO MEU RISO CANCAO MILENAR
QUANDO A INERCIA PLENA,ME CINGIR SILENTE
O VESGATADO CORPO QUE FOI SO MOVIMENTO
CONTINUAREI VIVENDO ENTRE PRADOS E OUTEIROS
NO TRINAR DOS PASSAROS,NA CANCAO DO VENTO


NOSSO AMOR


PARA QUE CIUME EM NOSSO CASO DE AMOR
SE DESDE SEMPRE SE MINHA E EU SOU TEU
VIVAMOS ENTAO A DOCURA SUPRA E O CALOR
DESTE AMOR QUE DEUS NOS CONCEDEU
NOS NOSSOS BEIJOS HA TANTA PAIXAO
MINHA VIDA OFERTEI EM SUAS MAOS
EM NOSSO OLHAR BRILHA ESTE QUERER
PORQUE AMOR,PROCURARMOS O SOFRER
A PAIXAO QUE NOS DEVORA E INTENSA
BEM MAIOR QUE A GENTE PENSA
TODOS ISTANTES VIVO PENSANDO EM TI
SEI QUE TAMBEM VIVES PENSANDO EM MIM
DAI-ME TEU RISO CALICE BENDITO
NECTAR SUAVE QUE A ALMA APRAZ
BALSAMO PARA O PEITO AFLITO
NOSSO AMOR SERA CANCAO DE PAZ
DOU-TE MINHA VIDA , ME DAS TEU CORACAO
VIEMOS AO MUNDO PARA AMARMOS, E SERMOS AMADOS
ME DE TUA S MAOS VAMOS PLAINAR NA IMENSIDAO
VIVER NA VIDA TODOS BONS MOMENTOS SONHADOS
E QUANDO UM DIA ESTIVERMOS ALEM ESTRELAS
INDA RESTARA DESTE AMOR VIVA CENTELHA
IMENSO, VASTO QUAL PULSANTE UNIVERSO
ETERNIZADO NA PUREZA DE CADA VERSO
ESTE AMOR ADENTRARA A ETERNIDADE
QUANDO SE FOR NAO DEIXARA SAUDADE
ETERNIZAREMOS CADA VIVIDO SEGUNDO
COMO SE FOSSE O ULTIMO DESTE MUNDO


SER POETA


SEREI IMUNE AO ODIO QUE NA TERRA IMPERA
SEREI GUERREIRO QUE ANTEVISIONANDO OUTRAS ERAS
GUARDA SEMENTES DA PAZ QUE ALGUEM PLANTOU
SEMEANDO O RISO NOS JARDINS ONDE HA DOR
SEREI TITA CONTRA A MESMICE DO TALVEZ
OUSANDO FAZER O QUE UM HOMEM PURO FEZ
VERTENDO UM SORRISO EN CONTRA ATAQUE A DOR
DANDO A OUTRA FACE, A QUEM O ESBOFETEOU
SEREI VIAJOR POR ESPACOS INPRESCUTAVEIS
UM REI PEBLEU SEM PALACIO OU TETO
A SEMELHANCA DE UM CRISTO RESSURETO
VIVENDO O CERTO,MESMO MEIO A SOLIDAO
SEREI LEMBRANCA NA MEMORIA DE ALGUEM
TALVEZ SAUDADE NAS CIDADES POR ONDE PASSEI
SEREI INCOGNITA DO ACASO DO TALVEZ
SEREI POEMA QUE MEUS PROPIOS ATOS FEZ
SEREI UM SOM ETERNIDADE AFORA
SEREI,AMANHA MAIS ESPERANCA QUE AGORA
MESMO SENDO SO PO,SONHO INERCIA E BRISA
TEREI O BALSAMO DE UMA PALAVRA AMIGA
ANTES QUE A VIDA TENHA SEU EPILOGO
DAREI MEUS VERSOS A QUEM QUEIRA,OU FOR PRECISO
A TEMPERAR-LHE O CALICE DO AMARGOR
DE VIVER AMANDO E MORRER SEM TER AMOR


POBRES ABASTADOS


POBRES ABASTADOS QUE BRINDAM EM TACAS DE OURO
COM O SUOR E SANGUE DO IRMAO
PODES QUEIMAR TEU CORPO EM OFERENDA
QUE ASSIM AGINDO JAMAIS TERAS SALVACAO
TROCAM A PAZ PELO BRILHO DO OURO
OPRIME O POBRE VITUPERA O CRISTAO
SE EQUECENDO DO FUTURO VINDOURO
MANTEEN O HUMILDE AJUGO DE ESCRAVIDAO
E QUANDO ,NO LUPANAR DA VIDA JAZ
O VERME DO TEMPO A LHES DEVORAR A PELE
AIS E ESTRETORES LHES- ROUBAM A PAZ
PERCEBEM O QUANTO O SER HUMANO E RELES
PENSE NO HOJE OS FUTUROS DIAS TEUS
NAO ,EXISTE NAO SABIA DESCULPE OU TALVEZ
QUEM DA AO POBRE EMPRESTA A DEUS
E QUEM ROUBA DO POBRE ,O QUE SERA QUE FEZ


MAE QUERIDA


AMOR SUBLIME QUE JAMAIS FENECE
VOSSOS ROGOS SUSTEN NOSSA PAZ
MEIO AO FRIO TEU OLHAR NOS AQUECE
E DE SONHAR NOS FAZES SERMOS CAPAZ
TEUS OLHOS SAO PLACIDOS LAGOS
ONDE RESPLANDEM ALAMEDAS DO PARAISO
TERNOS LUZIRES SAO SUAVES AFAGOS
QUE TERNAMENTE VERTEMOS UM SORRISO
DIVICIA VERAZ QUE NA VIDA TENHO
EM SEU REGACO ME FACO EM MENINO
HOJE AOS TEU PES GENUFLEXO VENHO
AGRADECER-TE PELO MEU DESTINO
AMOR BENDITO ,QUE FAZ EM REIS PEBLEUS
ES BALSAMO PARA AS DORES DESTA VIDA
CARTA MAGNA DO QUERER DE DEUS
LUZ IMORRREDOURA EM JORNADA TAO COMPRIDA
EM TEU FALAR OUCO VOZ DOS ANJOS
NO TEU OLHAR VISLUMBRO PAZ DOS CEUS
EM TEUS CONSELHOS HA LUZ QUE ALUMIA
A TRILHA SANA DOS CAMINHOS MEUS
TUA PRESENCA TRAS DIVINAL VENTURA
TENS O FULGOR DO SORRIR DE DEUS
MEL DESTILAS EM TEU CANTAR DE TERNURA
ACALANTAS AS DORES DOS FILHOS TEUS
ANJO SUBLIME MEU CANTO AQUI TE EXALTA
ENQUANTO OS ANJOS NA GLORIA CELESTE
FAZEM POR TI SUAVE SERENATA
ENQUANTO A NOITE DE LUZ SE VESTE
MAE, MEU CORACAO SANGRA EM PRECE
DO FUNDO DA ALMA SINCERA COMOVIDA
POIS TEU AMOR O AMAGO NAO ESQUECE
RAZAO PRIMEIRA DESTA FELIZ VIDA


GUERREIROS


MINHA COR , MEU POVO SUA GLORIA
INTERPRETADO AO SABOR DA DEMAGOGIAS
MEUS HEROIS DE GRATA MEMORIA
NA VERSAO DISTORCIDA DA HISTORIA
NAO MERECIAM VEREM MELHORES DIAS
O SUOR DA COR,O SANGUE ,O BRADO FORTE
O IDEAL DA FORCA DA DIGNIDADE
TRATADOS FORAM A REVALIA DA SORTE
E LHES- FOI NEGADO A ETERNIDADE
COMO CONDENADOS A ETERNA MORTE
A OMISSAO OFICIALIZADA NA DIDATICA
FOI SO CENTELHA MEIO A TREVA DENSA
OBSCURANDO INDA MAIS ESTA TEMATICA
QUE A JUSTICA A JULGAR SACRASTICA
OPRIME SORRINDO NACAO TAO IMENSA


ACONCHEGO


FIM DE TARDE SINTO O CANSACO
DE MAIS UM DIA DE LUTA RENHIDA
CORRO FELIZ AO OASIS DE TEU ABRACO
ONDE SENTIREI RENOVAR A VIDA
TEUS BEIJOS ME ALIMENTAM A ALMA
CADA ABRACO TRANSFUNDE CALOR
QUE EU ROGO A DEVOLVER-ME A CALMA
PARA QUE EU VIVA A PLENITUDE DE TEU AMOR
SOU TEU MENINO A ROGAR CARINHOS
SEMI DEUS A OUTORGAR PERDAO
ASSIM -SORRINDO TRILHAMOS OS CAMINHOS
POIS MINHA ALMA HISTES TE DESEJA
POR TI FELIZ PULSA MEU CORACAO
ALCANCO OS CEUS QUANDO VOCE ME BEIJA
SINPHONY
O QUE SERIA DA VIDA SEM POESIA
COMO SERIA POSSIVEL SER FELIZ
SERIA NOTA DE FUNEBRE MELODIA
O QUE A ALMA PENSA E O OLHAR DIZ
SERIA RIACHO QUE RUMO AO MAR NAO CORRE
CERTAMENTE UMA PRIMAVERA SEM FLORES
OU ALGO ETERNO QUE ANTES DE NASCER JA MORRE
SERIAM OS SONHOS PESADELOS DE VIS TEMORES
SUBLIME NECTAR QUE A ALMA CONTAGIA
DE PROFUNDA PAZ ADVINDA DO UNIVERSO
QUE TRAS A ALMA INTENSA SINFONIA
E A ETERNIDADE NA PUREZA DE CADA VERSO


UM PAIS PELO SOCIAL


QUERO VIVER EM UM PAIS SEM DOR
ONDE NOSSOS VELHINHOS TENHAM REAL GUARIDA
ONDE EM CADA OLHAR SE GARIMPE O AMOR
E TENHAM DIREITO DE GOZAREM A VIDA
ONDE TODOS IRMAOS TENHAM LARES E COBERTORES
POSSAM EMFIM VIVER COM DIGNIDADE
ONDE NAS CALCADAS HAJAM ARVORES E FLORES
E HAJA PAZ NOS ARES DA CIDADE
COM CRIANCAS TENDO AO ROSTO DOCE POESIA
ONDE NAO LHES FALTE CARINHO,ESCOLA ,AMOR E PAO
UM FUTURO GARANTIDO E ONDE PASSAR A NOITE FRIA
ONDE A SOCIEDADE OS RECONHECA , COMO FUTURO DA NACAO
QUERO VIVER EM UM PAIS DE PAZ
SEM CORRUPCAO OMISSAO OU TORTURAS
SEM QUALQUER UMA SOMBRA DO PRECONCEITO SAGAZ
QUE A ALMA DO SER PROFUNDAMENTE TORTURA
UM PAIS ONDE OS DIZERES DA NOSSA BANDEIRAS
SEJA UMA CONSTANTE ANUIDA AO AMOR
ONDE A JUSTICA EXERCA ALTANEIRA
A SUA MISSAO COM IMANCHAVEL VALOR
QUERO VIVER EM UM PAIS DE IGUALDADE
PARA O POBRE ,TRABALHADOR E DESVALIDO
PARA ANCIAES CRIANCAS E MOCIDADE
COMO JUSTA RECOMPENSA POR TER LUTADO E VENCIDO

SEGREDOS DE AMANTES


AMO AS ROSAS QUE OFERTAM SEU AROMA
INDIFERENTE DA BELDADE OU COR
ME ENTREGO A BRISA , QUE EM MIM ATICA CHAMA
E ME BEIJA O ROSTO EM CARICIA DE AMOR
BRANDA CASCATA QUE A SUSSURAR COMOVE
COMO A CONTAR SEGREDOS DE AMANTES
AMO O VENTO QUE DE LONGE MOVE
HISTORIAS LINDAS DE PLAGAS DISTANTES
QUANDO FERIDO PELOS DESAMORES
OLHO SILENTE O AZUL DOS CEUS
CORRE A FACE LAGRIMAS DE DORES
SOFRIDOS LAMENTOS EU ENTREGO A DEUS
OS DESPREZOS TANTOS QUE RECEBI PERDOO
VALEU NO ENTANTO O QUANTO AMEI
ISTO E DE MENOS SE POR AMOR ME DOO
SE A POESIA DE DOTE GANHEI
DA NATUREZA ME RECORDO ENTERNECIDO
POIS REVERDECIDA ME RECEBE COM AROMAS
APOLOGIA SUPREMA QUE TEMOS RECEBIDO
E O HOMEM INSANO,A VITUPERA E DIZ QUE AMA
SE VISSE O HOMEM COMO A ROSA DESABROCHA
COMO O ORVALHO AS FAZ ENTERNECIDA
TALVEZ FIZESSEM DA NATUREZA MAE
DAS MATAS UTERO ONDE SE GERA A VIDA


CANCAO DOS EXCLUIDOS


JA NAO SE OUVE DAS MARGENS DO IPIRANGA
DO POVO TAO HEROICO FORTE BRADO
DEITADOS NAS CALCADAS ABANDONADOS
PERFILAM EM AGONIA TEUS FILHOS AMADOS
O SOL DA LIBERDADE JA NAO BRILHA
NOS CEUS DE UMA PATRIA OUTRORA NOSSA
QUAIS OVELHAS REFENS DA MANTILHA
MORREM AOS MONTES ; LIVRAR NAO HA ; QUEM OS POSSA
DA IGUALDADE O PENHOR CARECEMOS
OS BRACOS ESQUALIDOS BALANCAM HIRTOS
UMA PARCELA SE SENTEM DEUSES TERRENOS
E OS EXCLUIDOS INCORPORAM O PROPRIO CRISTO
ALOJADOS EM TEUS SEIOS OH LIBERDADE
SUTIS VIBORAS CONFABULAM NOSSA MORTE
FAZENDO MENTIRAS PARECEREM VERDADES
DESENCAMINHAM AS SENDAS DE NOSSA SORTE
IDOLATRAR-TE OH PATRIA AMADA ,A ALMA SABE
DAI-NOS SONHOS INTENSOS, RAIOS VIVIDOS
DA FALTA DE ESPERANCA QUE O SER PADECE
DAI-NOS EXEMPLO DE HUMANIDADE
DANDO ALENTO PARA QUEM FENECE
COLOSSAL,GIGANTE, CRIOU-TE A NATUREZA
FACA HONRAR A PAVIDEZ DE SER COLOSSO
DAI-NOS DE PRESENTE O FUTURO DA GRANDEZA
FACA POR TI SENTIR-SE MAIS AMADA
QUE NAO SEJA ETERNO , O TEU SONO, EM BERCO EXPLENDIDO
NAO NOS NEGUE A LUZ DO CEU PROFUNDO
IMORTALIZE OS DIZERES DESTA FLAMULA
NOS OUTORGANDO JA UM NOVO MUNDO
FACA DA JUSTICA UMA ARMA FORTE
NOS GALHARDOE POR NOSSAS TANTAS LUTAS
PELO PASSADO DE GLORIAS E GRANDEZA
OH MAE ADORADA,DENTRE OUTRAS MIL,SO TU ES TAO AMADA
NOS LIVRE DA TRUCULENCIA, DA MIRA DO FUZIL
E SEMPRE AMADA SERAS ,BRASIL


CEU DE AGOSTO


ARQUITETURA DE TETRICA BELEZA
BRASIL ALI TAMBEM MORAM TEUS FILHOS
QUE DE TI FALAM, COM ORGULHO E NOBREZA
BARRACOS, FE E VELAS
SAO DEDOS HIRTOS APONTADOS PARA OS CEUS
OLHOS FAMINTOS SITIANDO A CIDADE
LONGUINGUAS PERNAS DA MARGINALIDADE
CORACOES EM PRANTO COM FOME DE IGUALDADE
BOCAS SEDENTAS DA AGUA DA CARIDADE
FAVELA...UNIVERSAL QUILOMBO
UMA CIDADE DENTRO DE OUTRA CIDADE
SAO PAULO,...CINZA SOB O CEU DE AGOSTO
DEITADOS NAO EM BERCO EXPLENDIDO ,JAZEM TEUS FILHOS
OUTROS TANTOS VAO POR TORTUOSOS TRILHOS
SAO MISERAVEIS MESMO A CONTRA-GOSTO
RUAS..VIELAS E AVENIDAS
VEIAS ABERTAS VERTENDO NEURAS NAVALHANTES
MERGULHADOS DENTRO DE SI MESMOS
A HUMANIDADE CAMINHA A ESMO
MIL COMPANHIA PARA CADA SOLIDAO


ANDARILHO


ANDARILHO
VIAJOR ERRANTE
SEM DESTINO CERTO
MEIO AO DESERTO DESTA SOLIDÃO
AOS OLHOS, FRIA DOR
NOS LÁBIOS, FÚNEBRE CANTO
NO PEITO O DESENCANTO
DE UMA FINDA PAIXÃO
PÉS JÁ FERIDOS
OMBROS SANGRANDO
PELA CARGA RUDE
QUE O DESTINO LHE DEU
ASPIROU OS CÉUS
SONHOU EM SER ANJO
MAIS SÓ INFERNO E DESENGANOS
A VIDA LHE OFERECEU
VIAJOR ERRANTE
NÃO TE EXASPERES
SIGA CAMINHANDO
RUMO A TUA META
SOFRES AQUI NA TERRA
CRUENTAS E VIS DORES
MAIS NOS CÉUS ALÉM NUVENS
ÉS DE DEUS ALMA PREDILETA


CONTIGO


FAZER AMOR NO TAPETE
SEDUZIR-TE AO LUAR
TE BEIJAR OS PÉS E CABELOS
TRADUZINDO POEMA SUTIL DE TEU OLHAR
DURANTE O DIA SER TEU DELEITE
E AO CAIR DA TARDE, QUANDO O SOL SUMIR
SER TUA TOALHA, TUA COLÔNIA, TEU SABONETE
DURANTE A NOITE SER TEU LINGERIE
A NOITE INTEIRA VELEJAR EM TEUS SONHOS
TE OFERTANDO JORNADA INTER-ESTRELAR
DE MANHÃ SER UM SOL RISONHO
A BEIJAR-TE O CORPO, E O ROSTO ACARICIAR
INTENSAMENTE CONTIGO LADO À LADO
SENTINDO AO PEITO INENARAVEL PRAZER
EU TÃO FELIZ A, PONTO DE NÃO DICENIR
SE MORRER É TER PRAZER CONTIGO
OU SE TER PRAZER CONTIGO É MORRER


FUGA


DE TANTO TER MEDO DA SOLIDÃO
TRANSITO MINHA VIDA SILENTE E SÓ
SEMPRE DANDO
UM PASSO EM SUA DIRECÃO
NO INTUITO DE CONHECÊ-LA MELHOR
MAIS QUANDO SINTO SEU HÁLITO FRIO
MENINO PASMO, TRÊMULO SORRIO À ESMO
CORRO PARA OS BRACOS DE QUALQUER ILUSÃO
TUDO LOGO SE ACABA, FRUSTO COMIGO MESMO
O QUE FAZER QUANDO A VIDA SE VESTE
DE UMA REALIDADE DO SONHO QUE NÃO SONHEI
ENTÃO ESPERO RAIAR MAIS UM DIA
PARA QUE ELE TRAGA LENITIVO AO PEITO MEU
POIS TODA NOITE TRAZ SOMBRAS E MISTÉRIOS
O DIA LUZ SONS E HARMONIAS
POR ISTO EMBORA PARECA SER ETERNA A NOITE
CADA MINUTO E UNIVERSO EM CLARO DIA


SILENTE


DEIXE-ME BEBER TEU SORRISO
NA TACA CÁLIDA DE TEUS LÁBIOS-FINOS
DEIXE QUE EU PROVE O NÉCTAR DA VIDA
GUARDADO NO BRILHO DE TEUS OLHOS, MENINOS
DEIXE-ME ABRACAR TEU CORPO
SINFONIZANDO DE PUREZA, E POESIA
CAPTURAR ESTRÊLAS DE CÉU DE TUA BOCA
DEIXE-ME TE SEDUZIR À LUZ DO LUAR
ACARICIAR TEU LÍBIDO COM O OLHAR
TE FAZER CACA, CACADORA PEDRANTE CRIA
DEIXE ME SORVER TUA SALIVA DOCE
NA FONTE CRISTALINA DE TEU PALATO
DEIXE-ME FICAR SEMPRE CONTIGO
GUARDADO SOB À LUZ DE TEU SORRISO
SILENTE A COMPLETAR-TE
VELANDO POR TEU SONHO
PERFUMANDO TEUS SONHOS DE LUZ
DEPOIS, ACORDAR MENINO EM TEUS BRACOS
BEIJAR TEUS OLHOS E DIZER
UM BOM DIA COMECA COM A LUZ
DA MEIGUICE DE TEU SORRIR

 


SOLIDÃO


A SOLIDÃO BATEU FORTE EM MEU PEITO
OLHEI PARA OS CÉUS COMO VOCÊ FALOU
NÃO ENCONTREI VOCÊ QUE EU PRECISO
ISTO AUMENTOU AINDA MAIS A DÔR DE AMOR
UMA LÁGRIMA ROLOU PELA FACE
E GÉLIDA FOI DE ENCONTRO AO CHÃO
NÃO DEIXEI MORRER NOS LÁBIOS
POIS MEUS LÁBIOS SÃO PARA TEUS BEIJOS
MEU CORACÃO PARA TEU CORACÃO
VEM AMOR MEU, NÃO TE OFERTO O PARAÍSO
POIS ISTO SERIA ILUSÃO
TENHO POR TI UM PEITO REPLETO DE AMOR
E TODOS OS PULSARES DE MEU AMANTE CORACÃO
QUERO ESTAR CONTIGO EM TODOS MOMENTOS
QUE EU SEJA TEU, E QUE MINHA VENHAS SER
DIAS E ANOS, SÉCULOS MAIS SÉCULOS
POR TODA ETERNIDADE SE DEUS ASSIM FOR MISTER


FÊNIX


SÃO FAÚLHAS MEUS VERSOS
MINHA VIDA FATALISMO E SONHOS
FÊNIX É A ESPERANCA
DE AMANHECERRES RISONHOS
NO FASTÍGIO DA PEQUENÊS HUMANA
GRAVIDO DE ILUSÃO SOU
GRAVITO ENTRE O BEM E O MAL
QUANDO NOS GRILHOES DA PAIXAO ESTOU
GÊNITO FUI DE UM AMOR VERDADE
QUANTAS VEZES POR ELE TOMBEI
COMENSURÁVEIS FORAM AS ERGUIDAS
SOFRI POIS VIVI, VIVI, POIS AMEI
INSUPERÁVEL É ESTA LUZ
INTERMINÁVEL E SEU PODER
QUEM SE JULGAR DELE SENHOR
CORRE O RISCO, DE ESCRAVO DELE MORRER


PROFUNDIDADE


QUANDO TE VEJO SORRINDO
NÃO SEI O QUE SE PASSA COMIGO
VEM AO MEU PEITO INCLEMENTE CALOR
DISPARA O CORACÃO EM RITMO IMPRECISO
AS PALAVRAS FOGEM DE MINHA MENTE
TUDO E SILÊNCIO SINTO A BRISA FALAR
MAIS VOCÊ SE PORTA TÃO INDIFERENTE
QUE VEZES ATÉ PARECE NÃO ME NOTAR
FICO ALI ESTATICO EXTASIADO
SE FOR PECADO ME PERDOE DEUS
ME SINTO ENTÃO DE ALEGRIA INUNDADO
COMO SEMPRE FOSSES MINHA
E EU TIVESSE SIDO ETERNAMENTE TEU
NESTE INSTANTE A POESIA SILENCIA
A BRISA FRIA VEM FALAR DE AMOR
O TEMPO PASSA, VAIS E NÃO PERCEBES
A PROFUNDIDADE IMENSURÁVEL DE MINHA DOR

 

MINHA´ALMA


DIGA MINHA ALMA AFLITA
O QUE FACO AGORA COMIGO
SE ME ALIEI A SOLIDÃO
E NEGUEI AO AMOR ABRIGO
DIGA MINHA ALMA SILENTE
QUAL SERÁ O PASSO SEGUINTE
SE O AMOR TRATEI COM ACINTES
SE DA INSANIDADE FIZ RELIGIÃO
DIGA MINHA ALMA DORIDA
O QUE FACO EU DA VIDA
SE AS ROSAS DEI DESAMORES
E AOS ESPINHOS ABRACEI
DIGA MINHA ALMA DIGA
SE SÃO EXTINTOS OS DEVANEIOS
SE PENSO NA SOLIDÃO ME GELO
TENHO AVERSÃO DE MEU PRÓPRIO CHEIRO
DIGA MINHA ALMA, EM PRANTOS
DAI-ME OH NOITE UMA ESTRELA , EM ACALANTO
SENÃO, ROGUE LOGO POR MEU FIM
ROGANDO O MANTO NEGRO DA NOITE ETERNA SOBRE MIM
CHORE MINHA ALMA CHORE
LÁ FORA CHOVE, AINDA ÉS MENINA
MUITOS AINDA SERÃO FELIZES
O AMOR E MEDO QUE FASCINA


LINDA MULHER


LINDA MULHER DE SORRISO PEROLADO
ESTOU FERIDO PELO PUNHAL DE TEU OLHAR
MEU CORACÃO ESTÁ LOUCO APAIXONADO
O CORPO TREME SEDENTO DE TE AMAR
MULHER DIGA QUE FACO AGORA NA VIDA
SE TEU SORRISO ME APRISIONOU
ME SINTO LEVE COMO HIPNOTIZADO
ESTOU AMANDO, O AMOR DE TEU AMOR
MEU PEITO ESTÁ CARREGADO DE TERNURA
QUE SÓ O AMOR REAL PODE GERAR
ISTO ACONTECEU PORQUE UM LINDO DIA
BEBI SORRINDO A LUZ DE TEU OLHAR
IMAGINO TUAS MÃOS SUAVES E MACIAS
TEU OLHAR SUAVE QUE PAZ INRADIA
TUA VOZ QUE DOCE SINFONIA
A ENCHER DE LUZ O MAIS ESCURO DIA
LINDA MULHER SONHO DOS MEUS SONHOS
SEI NÃO SOU NADA PARA QUERER SER TEU
MAIS ALGUMA COISA ME DIZ AQUI NO PEITO
QUE TEU AMOR JÁ ME PERTENCEU


ALÉM DO HORIZONTE


ALÉM DO HORIZONTE
DOS UMBRAIS HUMANOS
HA MAIS QUE PLANOS
DE UM AMANHÃ MELHOR
HÁ UM SOL QUE BRILHA
EM PUJANÇA PLENA
NA MANHÃ SERENA
OU NO ARREBOL
HÁ UM PASSAREDO
SEMPRE EM SINFONIA
HA UM ETERNO DIA
NÃO SE PONHE O SOL
HA UMA CANCÃO
NO SORRISO BELO
DA MUSA AMADA
QUE TRANSMUTA EM NADA
A DOR DE SER TÃO SÓ


NUANCE


NO ROSTO LINDO TEU SORRISO BELO
CAUSA A MEU SER INQUIETACÃO
DAR PARA TI PURA AMIZADE
QUANDO BEM QUERO DAR-TE O CORACÃO
BEIJAR TUA FACE SUAVE TERNA
QUE ME TRAZ AO CORPO ONDAS DE CALOR
POIS O QUE QUERO BEIJAR-TE OS LÁBIOS
E TRANSMITIR TE TODO MEU AMOR
OLHAR TEUS OLHOS QUE SANA LOUCURA
PERCO O ASSUNTO FICO ATÉ SEM AR
SINTO MEU SER GALGAR AS ALTURAS
POIS TE IMAGINO TERNA, SUAVE, NUA
OLHOS EM FEBRE COM SEDE DE AMAR


TEU


AVIDO SORVO A VIDA
NA TACA DE TEUS LABIOS QUERIDA
HA ETERNIDADE NO BEIJO
O DESFALEÇER MESCLADO DE PAIXAO
A LOUCURA FEITA DE SANIDADE
NO PULSAR MENINO DE UM CORACÀO
NO ACONCHEGO DE QUEM FOGE DO MEDO
NA CARENÇIA PLENA DE ETERNAMENTE SE DAR
NESTE QUERER SER TEU FUGINDO DE MIM MESMO
HÁ A ETERNIDADE DE REAL SONHAR
AFINAL SOU TEU ANTES QUE SOUBESSES
ANTES QUE SONHASSES A MUITO JÁ SOU TEU
POIS DESDE O INSTANTE QUE MIREI TEUS OLHOS
TODO MEU SER JÁ TE PERTENCEU
HOJE E PARA SEMPRE EU SOU TEU QUERIDA
DOU-TE MINHA VIDA, SEM NADA QUERER
SOU FELIZ ASSIM, EMBORA NÃO TE TENHA
POIS RESPIRO O AR QUE BEIJA VOCÊ

 

EU


QUANDO ME VERES SILENTE ANDANDO
A PASSOS LENTOS PELA RUA DESERTA
COM O OLHAR REPLETO DE PAZ
NAO...NAO INVEJES MINHA PAZ AMIGO
POIS SO METADE DE MIN ALI VAI
MESMO QUE ALGUEM DIGA TE AMO
O BARCO VIDA NO MESMO RUMO VAI
O PORTO SEGURO ESTA NO FIM DA LIDA
AQUI NA TERRA SO METADE DE MIN JAZ
SE UM SORRISO OSTENTAR AO ROSTO
TRANSPARECENDO UM SOFRER SEM FIM
SEM PENA AMIGO, ESTA E MINHA SINA
ESTARAS VENDO METADE DE MIN
QUANDO A MORTE INERTICIAR MEU CORPO
EU VIVER O INICIO QUE OS OUTROS ACHAM FIM
ENTAO ME VERAS ESSENÇIA POR INTEIRO
ESTAREI ME UNINDO A OUTRA METADE DE MIM


LUZ


MEU PENSAR VASCULHOU A TERRA
SINGROU POR VALES E COLINAS
A PROCURAR ESSENÇIA DA PRIMAVERA
QUE A ALMA DO POETA FASCINA
O COLIBRI PROCURA NECTAR
A BORBOLETA FLOR NACARADA
O SER POETA PROCURA A POESIA
NO SORRIR DE UMA MUSA AMADA
A TANTO TEMPO PROCUREI O SOM
QUE ME TROUXESSE A LUZ DE NOVO DIA
TE ENCONTRO MEIGA,BELA,QUE EXPLENDOR
TODO MEU SER INUNDAS DE POESIA
NA LUZ DO ROSTO O SOL FULGENTE
NO OLHAR UMA CANÇAO DE PAZ
TEU FALAR CARIÇIA COMOVENTE
QUE BEM SUPREMO A MINHA ALMA FAZ


MAIS UM NATAL


NOITE FULGENTE DE IMPAR ENCANTO
FIXOS OLHARES NA ABOBADA CELESTE
RISOS SAO LUZIRES,PALAVRAS MELODIAS
TODOS CANTARES SE FAZEM EM PREÇE
DE PAI AMADO AO CANSADO VIAJOR
COMPLETO RENOVO,AS FORÇAS EXAURIDAS
HUMILDADE PARA OLHARMOS O IRMAO DO LADO
E FAZER-LHE MAIS HUMANA A VIDA
OH PAI ,DE TEU INIGUALAVEL PERDAO
PARA OMISSAO PARA A DOR DO IGUAL
LEMBRA-NOS PAI,SOMOS TUA IMAGEM E SEMELHANÇA
E NOS ENSINA PORTARMOS COMO TAIS
FAÇA SENHOR TODOS NOSSOS MOMENTOS
UMA PREÇE TERNA REPLETA DE CALOR
QUE TODOS AQUELES, PELA SORTE VITUPERADOS
JAMAIS SE SINTAM,NO MUNDO ABANDONADOS
POIS SAO POR CRISTO COM TERNO AMOR OLHADOS
ISTO FAZ CADA DIA DO ANO
UM NATAL DE IMESSURAVEL AMOR


BRASIL, MEU BRASIL


OH MEU BRASIL ERGA A FRONTE
CAMINHE AVANTE A ERA DO RESGATE COMEÇOU
NAO VES TUA JUVENTUDE ALVORAÇADA ESFUZIANTE
BANDEIRAS ESVOAÇANTES,FAÇES JOVENS PINTADAS
PEITOS CHEIOS DE CALOR
OH MEU BRASIL HA CHAMAS DE ESPERANÇAS
QUE O AMANHA DEPENDE DO JA
ESTA RUINDO O IMPERIO DA DESCREPANÇIA
BRASIL....TIGRE ALADO URGE A HORA DE VOAR
ETERNIFIQUE OS HEROIS DO DIA A DIA
AQUELES DAS MARMITAS VAZIAS
CORAÇOES CHEIOS DE FE
LUTAR POR SONHOS,NADA E EM VAO
ERGAM-SE AS FRONTES QUANTO ANTES
O FUTURO ESTA AS PORTAS
COM CORAGEM E FE ,UNAMOS NOSSAS MAOS
NOSSO FUTURO ESTA NO PRESENTE
NO GRITO VITORIOSO
DESTA ALTANEIRA GENTE

SEQUELAS


TOMEI A SOLIDAO POR MINHA SINA
JAMAIS SEREI ESCRAVO DA PAIXAO
O AMOR E UMA MENTIRA QUE ALUCINA
E MERO SONHO VESTIDO DE ILUSAO
FIZ DE MEU PEITO UMA PORTA ABERTA
TRANSFORMEI EM RISO O PRANTO DE TODO DIA
SUFOQUEI MINHAS PAIXOES MAIS SECRETAS
TODO DESPREZO TRANSMUTEI EM POESIA
TOMEI A SOLIDAO POR MINHA SINA
ESPERO QUE SEJA MAIS BRANDA A DOR
CHORA SILENTE MINHA ALMA MENINA
CHORA E ESQUEÇE DE VEZ PASSADO AMOR
INVERDADES VERDADEIRAS
PARA QUE NAO SOFRESSES ENGOLI MINHAS VERDADES
NAO TE DECPICIONAR VIVI TUAS FANTASIAS
PARA QUE NAO CHORASSES ASSUMI TUAS DORES
ENGOLI MEUS PRANTOS POR PASSADOS AMORES
MEUS ORGULHOS TANTOS COLOQUEI AO CANTO
MATEI A POESIA QUE EM MIN HAVIA
AGORA TE PEÇO ANTES QUE ME CASTRES
VIVA OU MAÇERE TUA DEMAGOGIA
TODOS NOS SOMOS MEIOS ANJOS MEIO DEMONIOS
QUEM E SANTO,VINTE QUATRO HORAS POR DIA
DEIXE QUE EU VIVA MEU DRAMA REAL
ENQUANTO TE ENGASGAS COM TUAS FANTASIAS
SABE AMIGA MINHA,A VIDA NAO E TAO DOÇE COMO PAREÇE
A REALIDADE SO CAUSA MAL
A QUEM ABRAÇA SO SONHOS E DELA SE ESQUECE


SÔ EU SEI....


SÓ EU CONHEÇO MEUS LIMITES
MINHAS CORAGENS E MEDO
COMO ESCAPAR DOS ALVITRES
COMO GERENCIAR MEUS SEGREDOS
SEI DO FUROR DAS BOFETADAS DE CARICIAS
DA DOR INTENSA QUE DUBLA CADA SORRISO
DO VIL TORMENTO POR TRÁS DE TANTAS DELICIAS
DO AMARGO INFERNO QUE MARGEIA O PARAÍSO
SE E PARA JULGAR-ME A MIM MESMO JULGO
POIS SEI O LIMITE DE CADA ABSURDO
DE OLHAR POR FORA E JULGAR POR DENTRO
PRECONCEBIDAMENTE COLOCAR DEFEITOS
SE SÓ DEUS SABE AO CERTO ,DO QUE SOMOS FEITOS
POIS:
DO IMPOSSÍVEL AO IMPROVÁVEL,TUDO PODE SE TORNAR REALIDADE
SE HOUVER A OUSADIA DO SONHO,O ASSEDIO ACINTOSO DO DESTINO
PARA O SONHADOR O IMPOSSÍVEL E UM ACASO DA FALTA DE
SINCRONIA DO FATOR TEMPO REFLEXO,ESPAÇO OUSADIA
JÁ QUE O ONTEM SE FOI
O HOJE NOS DESAFIA
E O AMANHA NÃO NOS PERTENCE
BASTA VIVER CADA MINUTO PRESENTE
A PONTO DE NÃO TERMOS DELE SAUDADE QUANDO ELE FOR PASSADO
E QUE MESMO QUANDO FOR PASSADO TENHA TAL FORÇA NO PRESENTE A
PONTO DE SERVIR DE LUZ PARA O FUTURO
ÁTIMO, ÂMAGO,ETERNIDADE
SENHORES SOMOS DO ACASO DO TALVEZ
CONTA-GOTAS POR ONDE DESTILA A VIDA


ANDROLATRA


BABÉLICA
CONCULCADORA
DESALENTADORA
ENCLAUSURADA
FALACIOSA
GLORIOLA
HIPERBÓLICA
IDÍLICA
JUVENTA
LABAREDICA
MAGNA
NECTARÍFERA
OBLATA
PACIFICA
QUERUBINICA
RESOLUTA
SUBMISSA
TREMENDA
ULULANTE
VERÍDICA
WATTMETRICA
XODOTICA
ZURETA
YANG –X-XING


PAI


LEMBRO TEU RISO
A SUAVIDADE DE TEU SISSO
TUA TEUS GESTOS ..PAI
A PROTEÇÃO DE SUA MÃO AMIGA
A PALAVRA CERTA NA HORA PRECISA
E OS MOMENTOS ,QUE JAMAIS FORAM IGUAIS
NOS GESTOS FORTES A MANSIDEZ DA FALA
CADA ENSINAMENTO NA MENTE REVERBERA
SABIAS PALAVRAS QUE O TEMPO NÃO CALA
..............................................................
E INDA HOJE QUANDO SURGE O DESAFIO
PENSO ORGULHOSO SOU TEU FRUTO,SOU TEU FILHO
ME ENSINASTES PAI AMIGO E COMPANHEIRO
QUE E NA BATALHA QUE SE FORJA O GUERREIRO
GUERREIRO SOU E POR TI VIVO ESCUDADO
ENFRENTO A VIDA SEUS PERCALÇOS E CUIDADOS
SE MINHA FÉ AS VEZES VACILA
TUA PRESENÇA SINTO VIVA AO MEU LADO
EM UM LUGAR ESPECIAL DE MINHA MEMÓRIA
ENTÃO EU SINTO A CHAMA SE REASCENDER
QUE SE INTENSIFICA MAIS COM A LEMBRANÇA
E IMPOLUTO SIGO MEUS CAMINHOS
OLHAR AO ALTO, ´PEITO CHEIO DE CONFIANÇA
EU SOU VOCÊ ,REAL IMAGEM E SEMELHANÇA

 

SER POETA


SEREI IMUNE AO ODIO QUE NA TERRA IMPERA
SEREI GUERREIRO QUE ANTEVISIONANDO OUTRAS ERAS
GUARDA SEMENTES DA PAZ QUE ALGUEM PLANTOU
SEMEANDO O RISO NOS JARDINS ONDE HA DOR
SEREI TITA CONTRA A MESMICE DO TALVEZ
OUSANDO FAZER O QUE UM HOMEM PURO FEZ
VERTENDO UM SORRISO EN CONTRA ATAQUE A DOR
DANDO A OUTRA FACE, A QUEM O ESBOFETEOU
SEREI VIAJOR POR ESPACOS INPRESCUTAVEIS
UM REI PEBLEU SEM PALACIO OU TETO
A SEMELHANCA DE UM CRISTO RESSURETO
VIVENDO O CERTO,MESMO MEIO A SOLIDAO
SEREI LEMBRANCA NA MEMORIA DE ALGUEM
TALVEZ SAUDADE NAS CIDADES POR ONDE PASSEI
SEREI INCOGNITA DO ACASO DO TALVEZ
SEREI POEMA QUE MEUS PROPIOS ATOS FEZ
SEREI UM SOM ETERNIDADE AFORA
SEREI,AMANHA MAIS ESPERANCA QUE AGORA
MESMO SENDO SO PO,SONHO INERCIA E BRISA
TEREI O BALSAMO DE UMA PALAVRA AMIGA
ANTES QUE A VIDA TENHA SEU EPILOGO
DAREI MEUS VERSOS A QUEM QUEIRA,OU FOR PRECISO
A TEMPERAR-LHE O CALICE DO AMARGOR
DE VIVER AMANDO E MORRER SEM TER AMOR

 

BEEROTH DE SOUZA:
NASCEU EM MENDES PIMENTEL-MG,A SEIS DE JUNHO DE 1956
FILHO DE MARIA RITA E ANTONIO PEDRO
DEIXOU SUA CIDADE NATAL COM UM ANO DE IDADE E PASSOU A RESIDIR EM
GOVERNADOR VALADARES -MG, DE ONDE SE MUDOU AOS QUINZE ANOS,VINDO PARA SAO
PAULO ATUALM.ENTE MORANDO EM HORTOLANDIA, TRABALHA NA UNIVERSIDADE
ESTADUAL DE CAMPINAS ESCREVE DESDE A INFANCIA,
BREVE HISTORICO
1- 1986 FOI CLASSIFICADO NO CONCURSO PROMOVIDO PELA SHOGUN ARTES-RJ
2- 1987 OBTEVE INCLUSAO DE SUAS POESIAS NA ANTOLOGIA POETICA DA EDITORA
REALCE- BAURU-SP,
3-1987, LANCOU-SE COMO POETA NA CIDADE DE CAMPINAS ATRAVES DE TRABALHOS
EXPOSTOS NO VARAL DE POESIAS POR DONA CECILIA COPPO RIBEIRO DO MUSEU
CAMPOS SALLES
4-1987 PUBLICOU SEU PRIMEIRO LIVRO PELA EDITORA PALAVRA MUDA POR INTERMEDIO
DE MAURO CESAR ROMEIRA,E ORLANDO RODRIGUES, TRABALHO ESTE
INTITULADO’’*RASCUNHO DE MINH’ÁLMA;* COM CAPA DE ( ALVIMAR CHAGAS) ,IRMAO E
DESENHISTA.
5-1988,INCLUIU SEUS TRABALHOS NO I E II CONCURSO DE POESIAS DE CAPIVARI -SP PELA
EDITORA GRAFICA DO LAR,
6-1988 FOI CONSIDERADO UM DOS DEZ MELHORES POETAS DO CONCURSO LITERARIO DE
GUARULHOS, PARTICIPOU DO CONCURSO LITERÁRIO COMEMORATIVO AO
CINQUENTENARIO DA CIDADE DE JALES-SP RECEBENDO HONRA AO MERITO
7- 1992,TEVE NOVAMENTE SUA CLASSIFICACAO GARANTIDA COM A PREMIACAO NO VIII
CONCURSO LITERARIO DE SUMARE - SP NA CATEGORIA 8- 1993 PARTICIPOU DA I
ANTOLOGIA POETICA POESIA A LUZ DO TEMPO, EM
9-1994 PARTICIPOU DA II ANTOLOGIA POETICA POESIA A LUZ DO TEMPO CAMPINAS -SP .
10- 1995 PARTICIPOU ESPECIALMENTE DA ANTOLOGIA POÉTICA III, COMO PREFACIADOR
DA OBRA.
11-1996-TEVE DOIS POEMAS MUSICADOS NO DISCO EVANGÉLICO “ AMOR MAIOR”
LANÇADO POR ( PAULO ANTONIO) SEU IRMÃO
12- 1998 TEVE TRABALHOS SELECIONADOS PARA O ANUÁRIO DOS ESCRITORES
13-1998 -TEVE TRABALHOS SELECIONADOS PELA LITTERIS EDITORA E TAMBÉM PARA OS
LIVROS “TODAS FORMAS DE AMAR”ANTOLOGIA DE ESCRITORES,BRASILEIROS CASA DO
NOVO AUTOR. E MILITANTE DA UNEGRO (UNIÃO DE NEGROS PELA
IGUALDADE.)COMUNISTA CONVICTO ACREDITA QUE UM DIA NÃO MUITO LONGE NÃO
HAVERÁ OPRESSORES TAMPOUCO OPRIMIDOS .